7 dicas para não ganhar peso na menopausa

Ao chegar na menopausa é essencial aumentar o consumo de água, assim como a atividade física, a fim de combater o excesso de peso e as doenças associadas a ele.

0
246
Dicas para não engordar na menopausa
Dicas para não engordar na menopausa

As mudanças hormonais que ocorrem nesta etapa da vida podem fazer com que as mulheres ganhem alguns quilos a mais, mas podemos seguir alguns conselhos para não ganhar peso na menopausa.

A redução da produção de estrogênio e progesterona altera a atividade do metabolismo e, além de aumentar a tendência de acumulação de gordura, leva à perda de massa muscular.

Esta situação não só causa uma mudança notória no corpo, mas, infelizmente, aumenta o risco de doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e outros distúrbios metabólicos que reduzem a qualidade de vida .

No entanto, há uma maneira de prevenir estes efeitos, principalmente quando o estilo de vida é melhorado muito antes de passar por essas mudanças.

Por esta razão, hoje queremos compartilhar 7 dicas que você pode colocar em prática para viver esta etapa totalmente e não ganhar peso na menopausa.

 

Conselhos para não ganhar peso na menopausa

1. Aumente o consumo de diuréticos naturais

O consumo regular de alimentos e remédios com propriedades diuréticas pode favorecer a eliminação de líquidos do organismo, um fator que, de algum modo, afetam as funções do metabolismo.

Esses ingredientes ajudam a remover toxinas que viajam pelo sangue e, entre outras coisas, reduzem o nível de inflamação.

Algumas opções que se destacam são:

  • Morango
  • Melancia
  • Melão
  • Abacaxi
  • Mirtilos
  • Abóbora
  • Aspargos
  • Aveia
  • Salsa
  • Alcachofra
  • Chá verde
  • Cavalinha
  • Dente de leão

2. Beba bastante água

O consumo diário de água torna-se mais importante ao atingir a menopausa, não só porque beneficia o peso corporal, mas porque regula a temperatura e ajuda a manter o corpo hidratado.

  • Este líquido melhora a circulação sanguínea, otimizando a oxigenação das células para que elas possam ser renovadas sem problemas.
  • Apoia a função dos órgãos excretores, evitando a acumulação excessiva de toxinas e gorduras.
  • É ideal para prolongar a sensação de saciedade entre as refeições, o que reduz a ansiedade.

3. Faça exercícios físicos

Embora ocorram mudanças significativas no corpo, o exercício continua a ser uma das melhores ferramentas para manter o peso corporal saudável e estável.

  • Sua prática estimula a atividade do metabolismo, mantendo o ritmo necessário para queimar mais calorias.
  • Fortalece a saúde muscular e, apoiada por uma boa dieta, evita a perda de massa magra.
  • Entre outras coisas, é bom para proteger os ossos e as articulações do desgaste que eles sofrem com a diminuição do estrogênio.

4. Inclua peixes azuis em sua dieta

O peixe azul tem importantes benefícios nutricionais para as mulheres que estão lidando com os efeitos da menopausa.

  • Contém proteínas de alto valor biológico, que ajudam a proteger os músculos para evitar seu desgaste.
  • Seus ácidos graxos ômega 3 melhoram a saúde cardiovascular e ajudam a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL).
  • É um alimento anti-inflamatório, pobre em calorias, que apoia as dietas para perder peso.
  • Ele serve para proteger o sistema nervoso e a saúde.

5. Coma aveia no café da manhã

A aveia é um alimento cheio de nutrientes essenciais que, em troca de poucas calorias, ajuda a manter o corpo ativo e recarregado de energia.

  • É uma excelente opção para mulheres na menopausa, pois ajuda a neutralizar os sintomas que causam as alterações hormonais.
  • É ideal para o café da manhã, pois prolonga a sensação de saciedade e melhora o desempenho físico e mental.
  • Isso ajuda a manter uma boa saúde digestiva e diminui o risco de sofrer de obesidade e distúrbios cardiovasculares.

6. Evite o consumo de gorduras saturadas e sódio

Alimentos ricos em gorduras saturadas e sódio podem piorar a situação das mulheres que ganham peso quando atingem esse estágio.

  • Isso afeta a atividade do metabolismo, retardando seu ritmo e gerando dificuldades para realizar seus principais processos.
  • São causas diretas de acumulação de gordura abdominal e problemas cardiovasculares.

7. Limite o consumo de açúcar

O açúcar refinado, assim como os alimentos que o contêm, podem influenciar diretamente no aumento do peso corporal e, além disso, gerar outras dificuldades metabólicas.

Embora a ingestão deva ser limitada em qualquer fase da vida, é melhor cortá-lo ou reduzi-lo ao máximo quando chegar à menopausa.

  • As mudanças na atividade hormonal reduzem a capacidade do corpo de usar essa substância como fonte de energia, o que influencia no acúmulo de gordura.
  • Por outro lado, os níveis sanguíneos aumentam e há uma alta probabilidade de desenvolver diabetes.

Você está preocupada em não ganhar peso na menopausa? Para evitar esse problema, mantenha todas essas recomendações em mente e aplique-as permanentemente como parte de seu estilo de vida.

 

8 usos do carvão ativado que você deve conhecer

5 tratamentos de beleza com açúcar para os problemas mais comuns da pele

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui